Asilo Colônia Aimorés

Quando muito novo, me lembro de meu avô e meu pai, contando histórias do antigo asilo-colônia aimorés. Lembro muito bem, que o tom era sempre de tristeza. Mesmo novo, podia compreender que aquele lugar carregava uma história incrivel, mesmo que mista por dor e glória. O Asilo-Colônia Aimorés, foi inaugurado em 13 de abril de 1933, com o intuito de ser um asilo-colônia, para pessoas que tinham Hanseníase (Lepra, ainda chamada na época). Essas pessoas eram proibidas de conviver com suas famílias, extintas completamente da sociedade e encarceradas no asilo, por infelizmente ignorância da sociedade e falta de tempo à medicina de encontrar uma cura. Não pretendo aqui, agora, contar a história deste lugar tão belo e triste, que felizmente já não mais tem a mesma finalidade. Quero através destas fotos, mostrar a situação atual do local, e exaltar trabalho de pessoas tão especiais para esse lugar, como o Sr. Jaime Prado. É com permissão do próprio Sr. Jaime que o cito aqui, e faço toda questão de divulgar o seu trabalho em seu blog, uma das ferramentas que ele usou para lutar e preservar a história deste lugar, coisa que faz à mais de 40 anos que trabalhou na instituição e se dedicou a essa luta tão nobre. Acredito que essas fotos, são apenas o começo de uma aventura pra mim, de um desafio pessoal que em breve, pretendo arquitetar. O Asilo-Colônia Aimorés, situa-se no Instituto Lauro de Souza Lima e pode ser visitado a aqualquer momento. Lá, você se emociona não apenas com a história que se mantém construida, mas também com um museu e uma igreja completamente restaurados. Blog do Sr. Jaime Prado: jpradoo.blogspot.com.br/ A Hanseníase tem cura! Informe-se: www.sbd.org.br/img/folder_c... * Estas foto foram tiradas sem intenções de venda ou qualquer outro proposito. Faz parte de um acervo pessoal de fotografias espontaneas tiradas em momentos aleatorios, sem sentido ou significado especifico. As informações aqui citadas têm como fonte o site do Instituto Lauro de Souza Lima e Blog do Sr. Jaime Prado. Para

  1. f/8
  2. 1/200 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/200 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/1.8
  2. 1/5000 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/160 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/500 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/250 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/2.8
  2. 1/1000 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/100 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/2.8
  2. 1/1600 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/16
  2. 1/60 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/40 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/800 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200
  1. f/8
  2. 1/500 sec
  3. 50mm
  4. ISO 200